FANDOM


Eu não acredito... Harry, é um bebê... Cheryl. Vamos chamá-la Cheryl.
—Jodie para seu esposo
Jodie Mason
EsposaHarry
Jodie na intro de Silent Hill.
Gênero
Feminino
Idade
Meio dos 20
Estado
Falecida

Causa da morte
Doença ou acidente de carro
Cor do cabelo
Castanho escuro
Cor do olho
Castanho
Ocupação
Desconhecida
Aparece em
Silent Hill
Silent Hill: Play Novel
Silent Hill 3 (apenas imagem)
Silent Hill: Origins (voz)

Dublador(a)
Possivelmente Jennifer Woodward

Jodie Mason é a esposa falecida de Harry Mason e a mãe adotiva de Cheryl Mason.

BiografiaEditar

De acordo com a romantização do primeiro jogo, Harry conheceu Jodie no começo do seu segundo ano no ensino médio. Ele aproveitou a oportunidade de chamá-la para sair depois que ela terminou com seu namorado anterior. Jodie se tornou a prioridade de Harry quando se apaixonaram. Eles se casaram numa igreja logo depois, e seus nove anos juntos são descritos como uma "lua de mel sem fim".

Quando seu esposo tinha vinte e cinco anos, eles encontraram uma bebê abandonada no lado de uma rodovia. Com Harry concordando, eles adotaram a bebê e deram-na o nome Cheryl. É revelado em um ponto de Silent Hill que Harry e sua esposa desejavam ter uma criança durante seu casamento, mas Jodie não conseguia engravidar devido à sua doença.

Divergência sobre a morteEditar

Silent Hill sugere que ela morreu por conta uma doença. O manual do jogo confirma isso.

O romance contradiz isso, dizendo que enquanto ela estava dirigindo para casa do trabalho, uma perseguição de carro aconteceu, na qual um criminoso bateu o seu carro no dela enquanto estava a toda velocidade, assim a matando.

Em ambos os casos, sua morte deixou Harry em grande sofrimento e Cheryl era nova demais para entender o que aconteceu.[1]

Silent Hill: OriginsEditar

No final bom, uma transmissão de rádio aparece na qual Jodie e seu esposo podem ser ouvidos encontrando Cheryl no lado de uma rodovia.

Silent HillEditar

HarryJodie

Jodie e Harry encontrando Cheryl.

No vídeo de introdução, Jodie é vista encontrando Cheryl com Harry ao seu lado. Pela sua aparência, ela tem cabelo castanho escuro e olhos escuros. Ela usa um vestido longo, coberto num padrão floral rosa, possivelmente flores de cerejeira, e um xale em volta de seu pescoço.

Ela é mencionada poucas vezes ao longo do jogo, primeiro quando Michael Kaufmann pergunta se ela está com Harry, e Harry diz que ela morreu há quatro anos.

Se o final Good+ for obtido, ela é substituída por Cybil Bennett na intro. Cybil e Harry são vistos olhando para Heather Mason, a reincarnação de Cheryl e Alessa Gillespie, em forma de um bebê.

CuriosidadesEditar

MãeGentil

Heather se lembrando de sua mãe.

  • O nome de Jodie é mencionado apenas na romantização do jogo. No jogo e em seus guias, o nome dela nunca é revelado.[2]
  • Em Silent Hill 3, Heather diz: "Mas eu tenho um vestígio de só mais uma lembrança. Eu não me esqueci da minha mãe doce e gentil." Não se sabe se Heather estava pensando sobre sua mãe como Cheryl, ou sua mãe como Alessa. É mais provável que ela estivessem lembrando de Jodie, já que ela está nostálgica na hora em que estava agradecendo seu pai, porque Heather também diz: "Mã... Dahlia me usou para invocar Deus" no quarto em que Alessa ficou enquanto estava doente, o que sugere que Heather se recusa a reconhecer Dahlia como sua mãe.
HarryFoto

Uma pintura de Jodie segurando as mãos de Cheryl e Heather.

  • O apartamento de Harry contém uma pintura feita à mão de Jodie, de mãos dadas com suas duas filhas adotivas, o que pode-se presumir que é uma dedicatória à sua falecida esposa e filha, além de Heather.
  • Embora a dubladora de Jodie em Origins não seja creditada, sua voz é exatamente como a de Jennifer Woodard, que interpretou Lisa Garland em Silent Hill: Origins.

GaleriaEditar